Arame de cobre laminado a quente

Um problema frequente no fabrico de arames de cobre reside nas partículas ferrosas presentes no cobre.

O sistema de verificação de correntes parasitas FERROCHEK da PRUFTECHNIK foi especialmente desenvolvido para esta função. Ao usar uma bobina redonda com ímanes, o FERROCHEK deteta inclusões até 0,02 mg de tamanho. Além disso, também deteta defeitos convencionais nos rolos.

A bobina redonda transmite os sinais ao sistema de verificação de correntes parasitas EDDYCHEK 5, enquanto o módulo FERROCHEK deteta inclusões ferrosas e um módulo diferencial normal os defeitos nos rolos. Para uma documentação completa dos resultados, o EDDYCHEK 5 pode ser conectado a um PC.

 

  • Deteção de inclusões ferrosas: o módulo FERROCHEK especialmente desenvolvido para o efeito deteta partículas ferrosas no cobre

  • Deteção de defeitos em rolos: deteção de sobreposições, fendas, etc.

  • Sonda de correntes parasitas: bobina redonda com ímanes para a deteção de inclusões ferrosas

  • Método de fabrico: Instalações de rolos de vazamento

Arame de cobre laminado a quente

Lista de produtos

EDDYCHEK 5

Um novo capítulo na verificação de correntes parasitas

Informação do produto

 

 

Bobinas redondas 

+ EDDYCHEK 5

Informação do produto

Unidades de magnetização

+ Bobinas redondas +
EDDYCHEK 5

Informação do produto

To top

Verificação de correntes parasitas

A verificação de correntes parasitas é um método de verificação não destrutivo totalmente automático que garante medições de confiança e a mais alta qualidade. As correntes parasitas são induzidas em peças de trabalho metálicas , de forma a detetar defeitos.

A verificação de correntes parasitas pode ser usada em diversas áreas.

Sendo um dos mais importantes métodos de verificação industriais modernos, a verificação de correntes parasitas oferece resposta imediata sobre a qualidade dos produtos ainda durante o processo de fabrico.

A verificação de correntes parasitas proporciona medições de confiança e permite uma correção atempada do processo de produção, antes de chegar a produzir refugos.

Métodos de verificação de correntes parasitas

Verificação total / verificação da estanqueidade

Verificação completa com 4 bobinas de segmentos.
  • Normas de verificação reconhecidas internacionalmente: Verificação da estanqueidade de acordo com as normas SEP, DIN, ASTM, API, BS, JIS, ETTC e ENEL, entre outras
  • Verificação: Verificação completa com bobinas redondas ou várias bobinas de segmentos. É muitas vezes combinada com a verificação do cordão de soldadura no caso de tubos soldados.
  • Produtos examinados: Todos os materiais ferrosos, não ferrosos e austeníticos
  • Diâmetro: Até 30,5 cm
  • Velocidade de produção: 1–20 m/min. Em função da linha de produção e do tipo de soldadura
  • Magnetização: Necessária para material ferroso

 

O método de verificação de correntes parasitas é o mais adequado para a verificação da estanqueidade em tubos. Os tubos são verificados com bobinas redondas ou com várias bobinas de segmentos, que rodeiam completamente o objeto examinado. O equipamento de verificação assinala os defeitos críticos e atribui a cada objeto examinado uma classe de acordo com a qualidade. Todos os resultados da verificação são documentados na totalidade, para futura comprovação.
A gama de equipamentos de verificação de correntes parasitas da PRÜFTECHNIK inclui simples aparelhos Economy, passando por equipamentos de verificação potentes para a integração em sistemas de controlo centrais da produção e pela verificação de 8 canais com sistemas de várias bobinas.

Verificação rotativa

Verificação online de barra de aço com sistema de rotação RS35HS e EDDYCHEK 5
  • Produtos examinados: Para todos os produtos sem costura, de perfil redondo ou oval
  • Processos de produção: Diretivas, linhas de estiragem contínuas, verificação final offline
  • Materiais: Todos os metais ferrosos, austeníticos e não-ferrosos
  • Diâmetro: 1,9–140 mm
  • Verificação: Integrado nas linhas de produção ou na verificação final de barras, fios ou tubos no modo offline


A PRÜFTECHNIK tem sistemas de rotação especialmente desenvolvidos para a deteção de fendas longitudinais homogéneas na superfície do material. São usados em produtos com tendência para este tipo de defeitos mas sem costuras de soldadura. Uma vez que a bobina redonda é a mais adequada para a deteção de pequenos defeitos transversais, ela é muitas vezes usada juntamente com o sistema rotativo para uma verificação combinada completa.

A PRÜFTECHNIK coloca à disposição uma série de sistemas de rotação capazes de cobrir um grande diâmetro: RS20, RS35HS, RS65, RS140. Os sistemas são muito fáceis de usar e de fazer a manutenção, possuindo uma construção notavelmente robusta, graças à qual resistem a ambientes industriais severos. Uma verificação exata do objeto de verificação e o sistema de compensação da distância garantem resultados de verificação fiáveis.
A escolha do tipo de aparelho de verificação de correntes parasitas que deve ser incorporado no sistema de rotação depende das necessidades de verificação. Para a verificação estão disponíveis o EDDYCHEK S,  EDDYCHEK 5 advanced ROT e o EDDYCHEK 610.

Verificação Inline

Verificação Inline
  • Controlo de entrada: Deteção atempada de material de má qualidade, por ex. arame laminado (em linhas de estiragem para arame espesso), barras ou tubos
  • Controlo de qualidade: Descoberta de defeitos no material examinado e atribuição a uma categoria de qualidade correspondente
  • Controlo do processo: Monitorização da produção para evitar refugos: por ex. devido a defeitos periódicos do mesmo tipo podem descobrir-se mecanismos de transporte com danos
  • Inspeção final: A verificação de fendas após a última estiragem ou na instalação de rebobinagem garante um produto de boa qualidade
  • Defeitos típicos: Sobreposições, furos, fendas longitudinais, fendas de tensão de incandescência, danos através do meios de transporte (tubos, barras, arame), danos por cunhos de estiragem (arame) o rolos (arame quente) com defeito


A verificação Inline de tubos, barras e arame realiza-se na linha de produção durante o processo de fabrico. Os métodos de verificação garantem que os materiais não apresentam fendas, furos nem defeitos periódicos nem outros defeitos de material, pois o mais pequeno defeito na superfície pode provocar produtos finais defeituosos o que, na maioria dos produtos, como por ex. em instrumentos cirúrgicos, pode ter efeitos catastróficos. A verificação de correntes parasitas é extremamente fiável na deteção de defeitos na superficie e pode ser usada em estágios do processo de produção. Os melhores resultados são conseguidos mediante a aplicação combinada do sistema de rotação com a bobina redonda.

Este método de verificação é especialmente recomendado para ambientes quentes como por ex. no fabrico de barras laminadas a quente ou arame de cobre laminado a quente.

Verificação Offline

Controlo de qualidade final com bobina redonda e unidade de magnetização.
  • Verificação Offline: Verificação final de tubos cortados ao comprimento, por ex. após a calibragem (tubos de precisão)
  • Transportadores de rolos: A PRÜFTECHNIK também fornece transportadores de rolos para movimentação
  • Material examinado: Todos os materiais ferrosos, não ferrosos e austeníticos
  • Magnetização: Necessária em metais ferrosos
  • Verificação alargada end-to-end: Sensores de correntes parasitas podem detetar peças individuais para verificação alargada end-to-end


A verificação Offline é o último controlo de qualidade antes do envio. Mesmo tubos, que foram classificados como perdas na verificação Inline, podem ser examinados numa verificação Offline para uma classificação mais exata ou para o corte de secções sem defeito. Para as medições Offline, a PRÜFTECHNIK fornece transportadores de rolos completos e mesas de teste de acordo com as necessidades do cliente.

A série de equipamentos de verificação de correntes parasitas da PRÜFTECHNIK inclui desde os mais simples aparelhos Economy, passando por sistemas potentes para a integração em sistemas de controlo centrais da produção e pela verificação de 8 canais com sistemas de várias bobinas.

 

Verificação alargada end-to-end
Neste verificação os sensores padrão não conseguem distinguir entre peças de teste individuais. Com o EDDYSENSOR pode beneficiar da tecnologia de corrente parasita para a deteção de peças de teste individuais, sem investir num aparelho allround dispendioso, que seria sobredimensionado para esta função.

Deteção do cordão de soldadura

O EDDYSENSOR deteta cordões de soldadura de junção em arames de aço. O EDDYSENSOR deteta cordões de soldadura ao longo de tubos de aço

Cordão de soldadura de junção
Os cordões de soldadura de junção não são detetados com sensores convencionais como barreiras de luz ou detetores de proximidade. O EDDYSENSOR deteta cordões de soldadura de junção recorrendo à técnica de correntes parasitas e transfere o sinal para o comando.

 

Cordão de soldadura longitudinal
O EDDYSENSOR é o sensor de corrente parasita mais simples para a deteção da localização de cordões de soldadura. O cordão de soldadura é detetado e, em seguida, posicionado corretamente para o processo seguinte, como por ex. dobragem.

Verificação do cordão de soldadura

Verificação do cordão de soldadura com 2 bobinas de segmentos.
  • Normas de verificação reconhecidas internacionalmente: Verificação do cordão de soldadura de acordo com as normas SEP, DIN, ASTM, API, BS, JIS, ETTC e ENEL, entre outras
  • Linhas de soldadura: Para todos os tipos de soldadura, por ex. WIG, Laser, HF e ERW
  • Velocidade da linha: 0,1–200 m/min
  • Diâmetro do tubo: 0,5–600 mm
  • Material examinado: Metais ferrosos, austenite, materiais duplex, alumínio, cobre, latão, titânio e níquel
  • Verificação combinada: A verificação do cordão de soldadura e a verificação alargada podem ser executadas ao mesmo tempo


Independentemente do tipo de soldadura, a verificação de correntes parasitas descobre com segurança defeitos no cordão de soldadura. Os defeitos são assinalados a cor e ao tubo é atribuída uma classe relacionada com a qualidade. Os resultados das verificações são documentados na totalidade para futura referência.